Remarketing: como usá-lo na captação de alunos?

Se você quer que as suas ações de Marketing Digital resultem em maior retorno para as suas campanhas de captação de alunos, é importante oferecer aos visitantes dos seus canais digitais outras oportunidades de se tornarem alunos. Isso pode ser feito por meio de uma estratégia conhecida como remarketing.

O remarketing permite aumentar as conversões e o retorno de seus esforços de geração de leads.

Continue a leitura para saber mais sobre o que é e como funciona o remarketing, como ele pode melhorar os resultados de suas ações de captação de alunos e como incorporá-lo à campanha de matrículas de sua IE. Acompanhe!

O que é remarketing?

Você já visitou um site e, no dia seguinte, enquanto estava online, viu um anúncio da mesma marca? Ou já visitou uma loja virtual, adicionou itens ao seu carrinho, mas não finalizou a compra e, no dia seguinte, enquanto acessava a internet, viu um anúncio com os produtos que você deixou no carrinho? Isso é remarketing.

Esta é uma estratégia muito eficiente para veicular anúncios segmentados para quem já visitou o seu site ou canal específico, mas não realizou a ação esperada – como o preenchimento de um formulário para inscrição para o vestibular, por exemplo.

Assim, essa é uma forma assertiva de atingir pessoas que já demonstraram algum interesse em sua IE e em seus serviços.

 

Como o remarketing pode impulsionar a captação de alunos?

Conforme mencionamos, como com essa estratégia você está segmentando visitantes que já acessaram o seu site, isso é chamado de “re” marketing. Pense nisso como uma segunda chance de gerar conversões e captar novos alunos.

Esta é uma oportunidade muito significativa, que permite que você trabalhe com toda a base de visitantes que ainda não se converteu em aluno ou aluna de sua instituição.

Aqui está um exemplo fictício: João visitou o site da sua IE, visualizou a página de um determinado curso, mas não preencheu o formulário de interesse.

Mais tarde, ele visita outro site – digamos, seu canal de notícias de entretenimento favorito. A sua marca está realizando uma campanha de remarketing por meio de uma rede de anúncios que trabalha com este site de entretenimento. Então, João vê, neste canal, um anúncio do curso que demonstrou interesse.

O objetivo do anúncio de remarketing é lembrar João sobre como a sua solução educacional resolve uma dor ou problema que ele tem, o estimulando a avançar para a próxima etapa do seu funil de vendas ao mantê-lo engajado com a sua instituição para ele fazer a matrícula quando estiver preparado.

Esses gatilhos podem ser poderosos para aumentar o tráfego em seu site e as conversões em suas campanhas de matrículas.

 

Como usar remarketing em sua estratégia de captação de alunos?

A seguir, confira um guia com os principais passos para começar a utilizar remarketing na captação de alunos para sua IE.

 

1. Planeje a campanha de remarketing

É importante começar com um planejamento consistente, considerando, sobretudo, sua estratégia de segmentação dos anúncios.

Além disso, é preciso avaliar as diferentes possibilidades de formatos oferecidos pelo remarketing, que são os de:

  • Vídeo (Google Ads): exibição de anúncios como antes de vídeos escolhidos pelo usuário no YouTube e em outros parceiros de exibição do Google.
  • Pesquisa (Google Ads): exibição dos seus anúncios na parte superior dos resultados do mecanismo de busca quando alguém que já visitou seu site pesquisa termos ou serviços específicos.
  • Display (Google Ads): exibição como anúncios de display em outros sites da rede de anúncios gráficos do Google.
  • Mídia social: usar remarketing do LinkedIn, Facebook e do Pinterest, por exemplo, para exibir anúncios para pessoas que visitaram seu site enquanto navegavam nesses canais de mídia social e sites parceiros.
  • Lista de clientes: com o marketing de mídia social e o remarketing do Google Ads, você pode fazer upload de listas de informações de contato fornecidas por seu público em potencial. Quando essas pessoas estiverem conectadas ao Google ou à rede social em questão, o anúncio será exibido novamente para elas.

2. Crie a sua campanha

Após considerar as possibilidades abrangentes oferecidas pelo remarketing, é preciso criar a campanha. Como vimos, há o desafio de lidar com diferentes formatos.

Além disso, a criação da copy da campanha deverá ser bastante estratégica, lembrando com eficiência as pessoas que já conhecem sua IE de que você tem a solução educacional ideal para elas. Ainda, os anúncios precisarão ser realmente relevantes para cada segmento de público diferente.

Diante disso, muitas organizações optam pela terceirização desse serviço, garantindo a criação de campanhas e anúncios otimizados e com maiores chances de levar à conversão.

 

3. Configurar a campanha

O ponto básico quanto à configuração de campanhas de remarketing é a necessidade de utilizar pixels.

Quando você cria uma campanha com uma rede de anunciantes específica, a rede fornecerá a você um pequeno código (denominado pixel tag) para adicionar ao seu site.

Assim, cada vez que um novo usuário visitar seu canal, o código acionará um cookie anônimo do navegador e o usuário será adicionado à sua lista de remarketing. Com isso, quando o mesmo usuário visitar outra página que hospeda anúncios gráficos ou nativos de seu provedor de rede de anúncios, o sistema exibirá seu anúncio para esse usuário específico. Isso ocorrerá enquanto você tiver uma campanha ativa em execução.

Nesta configuração, há outro ponto essencial: limitar a frequência com que seus anúncios são exibidos. Esse cuidado é importante para não sobrecarregar o usuário, gerando um efeito contrário em que ele tenha uma percepção negativa da sua IE, de que ela está importunando-o e não o ajudando em sua jornada de decisão.

 

4. Analise comportamentos e resultados

Já no início da sua campanha, analise o que está dando certo e o que pode ser melhorado. Teste diferentes plataformas, tamanhos e formatos de anúncios.

Em seguida, teste novamente quais funcionaram melhor e geraram mais conversões para a sua instituição de ensino.

 

5. Diversifique o conteúdo e as ofertas

Lembre-se: a personalização é a chave! Os usuários visitam o seu site por motivos diferentes e estão interessados em cursos e soluções diferentes. Portanto, quanto mais segmentos você criar, mais você conseguirá acertar.

Assim, a diversificação de conteúdos e ofertas é crucial para potencializar o sucesso de sua estratégia de remarketing. Testar, mensurar e melhorar suas estratégias irá ajudar a otimizar seus custos e a aumentar seus resultados.

Não se esqueça, por fim, de que, para essa estratégia funcionar, é essencial ter um funil de vendas bem estruturado.

Então, agora que você já sabe tudo sobre remarketing, acesse nosso site e veja